24/11/2017 Consciência Negra é lembrada por Vereadores em Sessão Solene

Consciência Negra é lembrada por Vereadores em Sessão Solene

Os Vereadores estiveram reunidos no Plenário Manoel Medeiros Eugênio, nesta quinta-feira, 23 de novembro no horário das 19 horas, realizando a 5ª Sessão Solene de 2017, em homenagem a Semana Municipal da Consciência Negra, obedecendo ao exposto na Resolução n° 32/2002, do dia 26 de novembro de 2002. O Vereador Felippe Luiz Collaço, Presidente da Câmara, ao iniciar os trabalhos registrou que no último dia 20 de novembro, comemorou-se em todo o Brasil o Dia Nacional da Consciência Negra, em homenagem a "Zumbi dos Palmares", assassinado em 1695, por comandar a resistência à escravidão através dos quilombos.  Para marcar esta data foi concedida a palavra aos Vereadores Maurício da Silva e Paulo Henrique Lúcio, para discorrerem sobre o tema.  Em seguida foram entregues às pessoas de relevada importância ao Movimento de Consciência Negra de nosso município, uma “Menção Honrosa”, Comemorativa de Participação na Sessão em Homenagem a Semana de Consciência Negra do Legislativo Tubaronense, ocorrida nesta data. Foram homenageadas personalidades e entidades afro-brasileiras que representam a raça negra em nossa cidade.  O Prefeito Municipal, Joares Carlos Ponticelli, prestigiou o evento dirigindo mensagem de cumprimentos aos que participaram da Sessão Solene.

Foram homenageados nesta Sessão as seguintes personalidades:

 

Arilton de Oliveira, proposta pelo Vereador Douglas Martins Antunes.

O conhecido Radialista, "Mexicano" é casado com a senhora Olga Alves de Oliveira, tem 4 filhos e a trinta e cinco anos se dedica ao rádio tubaronense e a muitos anos comanda o programa boca no trombone. Um canal direto entre a rádio e a comunidade, servindo de porta voz da nossa gente quando passa por alguma dificuldade

 

Pastor Carlos Augusto Lopes, proposta pelo Vereador Lucas de Souza Esmeraldino.

Pastor, historiador, teólogo, natural de Tubarão, tem 47 anos, filho de Lourival Lopes e de Dulcinéia Lopes, é casado com Maria Aparecida Soares Lopes, tem dois filhos, Gabriella Soares Dias e Vitor Augusto Soares Lopes. Presidente do Conselho de Pastores - CONPET-SC, tem pregado em vários lugares do Brasil, já esteve na Europa, no Norte da África, no Oriente Médio, em Israel, no Estado Palestino, e em vários países da América do Sul, é pastor Presidente da Igreja Assembleia de Deus Independente, com diversos trabalhos sociais tanto na cidade e região como no Brasil e fora do Brasil. A sua igreja tem ajudado as tribos indígenas em Rondônia e Amazonas, e ajudado os sertanejos pobres do Piauí e já enviou equipes para trabalhar com aquela comunidade e com os quilombolas. Já esteve envolvido com vários projetos no Nepal, na África, na Índia, em Cuba. Em Tubarão são vários os trabalhos sociais com crianças, jovens, casais, terceira idade com surdos e muito mais.

 

Claudio Roberto Lopes, proposta pelo Vereador Dalton Marcon

Claudio Roberto Lopes, brasileiro, aposentado, 54 anos, filho de Lourival Lopes (in memorian) e Maria Dulcinéia Lopes, nascido na cidade de Tubarão/SC, onde reside atualmente. É casado com Zoraide dos Santos Lopes, tendo dois filhos, Marco Aurélio dos Santos Lopes e Naiana dos Santos Lopes, respectivamente com 28 e 30 anos. Claudio foi um dos fundadores do “Projeto de bem com a vida e próximo de Deus”. O referido projeto busca dar amparo a pessoas vítimas de discriminação racial e social, e tem como lema: “Perante Deus somos todos iguais”. Desenvolvido em 2015, o projeto é composto por um grupo de 25 pessoas, que através de programas de conscientização e palestras, resguardam e pleiteiam interesses de bem estar social e cultural de todo ser humano, independente de credo e cor.  Ainda, Claudio contribuiu na realização de eventos e atividades culturais em entidades históricas tubaronense, como o Clube 1º de Maio e Clube Cruz e Souza.

 

Elza Matias Martins, proposta pelo Vereador Maurício da Silva.

Elza Matias Martins, natural de Tubarão, casada com José Elpídio Martins e mãe de dois filhos, Elpídio de Assis Martins e Luiz Paulo Martins. Licenciada em História pela antiga FESSC, hoje Unisul.  Professora aposentada, lecionou em diversos estabelecimento de ensino da rede pública. Exerceu e exerce diversas atividades sociais, entre elas Ex-Diretora da Associação Esportiva, Cultural e Recreativa Cruz e Souza, Ex-Presidente da Associação Cultural Maria Cândida, além de ser uma das fundadoras e coordenadora da Pastoral Afro-brasileira Maria Cândida, da Diocese de Tubarão.

 

Janor Carvalho Costa, proposta pelo Vereador Gelson José Bento.

Janor Carvalho Costa, nascido 1953, casado com Ivonete da Silva Costa, tem dois filhos. No ano de 2008, formou a Pastoral da Consciência Negra na Diocese de Tubarão, sendo seu primeiro Presidente. A pastoral da Consciência Negra se expandiu por quase todas as Paróquias de Tubarão. Participou da Congregação Mariana da Diocese de Tubarão, com muita assiduidade. Formou também o Coral de Canto da Catedral, onde participava nas celebrações das missas. Ainda nos dias de hoje, Janor continua atuante com o coral de canto, ajudando nas celebrações de missas em várias Comunidades de Tubarão, fazendo parte da pastoral da Paróquia de Humaitá. Foi diretor da sociedade Cruz e Souza. Professor da banda Fanfarra da APAE e COMBENTU por um ano e professor da Banda Fanfarra do Colégio Henrique fontes por 13 anos.

 

João Batista Delfino, proposta pelo Vereador Dorli Fernandes Rufino.

João Batista Delfino, nasceu em 14 de agosto de 1966 no município de Tubarão, filho de Moisés Delfino (in memória) e Nair Honorato Delfino, ambos eram agricultores.   Ajudou seus pais na agricultura até aos 18 anos de idade, depois trabalhou por um ano na construção civil em Laguna. Posteriormente trabalhou no ramo cerâmico na cidade de criciúma onde permaneceu até o início da década de 90, e em metalúrgica por 03 anos. Em 1995 ingressou no Magistério Estadual, atualmente João Batista é professor de História e atua na Unidade Escolar Catequista Joana Pendica, localizada no bairro Pouso Alto, município de Gravatal e no Colégio Geraldina Maria Tavares, localizada no centro de Gravatal, para complementar sua carga horária também é professor no Colégio Santo Anjo da Guarda, localizado no Bairro Guarda Margem Esquerda, onde reside com sua família. João Batista, sempre foi dedicado á sua comunidade, pois é muito querido por todos. Apesar de ser de família humilde nunca mediu esforços e nunca desistiu de seu sonho em ser professor.

 

Joelza Marcelino Madeira, proposta pelo Vereador Carlos Alexandre das Neves.

Tem 37 anos, filha de Adão de Aguiar Madeira e Maria Marcelino Madeira. Atua a mais de 17 anos no Hospital Nossa Senhora da Conceição onde atualmente é a enfermeira da Supervisão Noturna.  Também é uma das integrantes da equipe de Gestão de Leitos, onde todo paciente de baixa complexidade transferido para outro hospital é acompanhado pela equipe do HNSC. Processo onde o paciente encaminhado segue com prescrição médica e carta de recomendação.

 

José Eraldo Francisco, proposta pelo Vereador Felippe Luiz Collaço.

Foi presidente do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) em Tubarão e um ano pós assumir o encargo, foi convidado pelo então Prefeito Genésio Goulart a assumir a função de Secretário de Serviços Públicos, exercendo este trabalho por 4 (quatro) anos. Após, já na administração do ex-prefeito Carlos Stüpp. Assumiu a função de Diretor de Serviços Públicos, vindo a se aposentar quatro anos mais tarde. Foi um dos fundadores da Escola de Samba da Toca. Doador da sede desta mesma escola. Assumiu o cargo de diretor de futebol do Clube Hercílio Luz Organizou, patrocinou e colaborou com a realização de várias festividades voltadas aos idosos da comunidade da Toca. Foi sócio e diretor do clube Cruz e Souza. Atualmente, preside com maestria e esmero a Câmara de Vereadores do município de Pescaria Brava/SC.

 

Josias Machado Severino, proposta pelo Vereador Paulo Henrique Lúcio.

Justifica-se a homenagem de Menção Honrosa, pois o Capitão Josias Machado Severino é natural de Tubarão e nasceu no dia 30 de dezembro de 1982, filho de Jozina Silézia Machado Severino e Tibúrcio Manoel Severino. Ingressou na Polícia Militar de Santa Catarina no dia 25 de fevereiro do ano de 2003, no curso de Formação de Soldados, na cidade de Florianópolis. Como Aspirante a oficial, teve a possibilidade de escolher sua cidade natal, Tubarão para servir. No ano de 2014, novamente retornou a Tubarão, onde assumiu o Comando da 2a Companhia do 5° Batalhão de Polícia Militar, função que exerce até o presente momento. Na parte administrativa trabalha com a instrução e orientação do efetivo, buscando sempre a adequação da atuação policial a legislação vigente.

 

Priscila Lourenço, proposta pelo Vereador Alexandre Santos Moraes.

Priscilla Lourenço (Prika Lourenço) cantora e compositora catarinense há 16 anos. Em 2001 participou do Festival de Música do Sesc ficando entre os 15 melhores compositores de Santa Catarina. Em 2002 produziu o espetáculo teatral Milkshakespeare, de Júlio Zanotta, em Florianópolis (Prêmio FUNARTE 2006). Em 2002, realizou a primeira apresentação de Cláudio Aguiló e Patrícia Laus (Blancah). Em 2006 participou da Banda Black Diversity (R&B e Soul) como co-compositora, guitarrista e backing vocal. Em 2007 encerrou a vida musical e retomou a vida acadêmica no curso de Pedagogia participando da pesquisa nacional sobre o Financiamento da Educação por 4 anos. Em 2015 voltou a compor e em 2016 lançou seu primeiro álbum: Longe - pra onde o tempo quiser ir. Ainda em 2016 iniciou o projeto Música, Pedal e Histórias que une música e ciclo turismo Encantos do Sul, uma proposta de fortalecimento econômico do seguimento turístico para a região da AMUREL - Associação dos Municípios da Região de Laguna.

 

Projeto 3:16  "Por amor, Por Cristo, proposta pelo Vereador Evaldo Gonçalves de Campos.

Criado por João Guilherme Lopes Pacheco e Carlos Alberto Sebastião, dois jovens em 20 de fevereiro de 2012, o projeto 3:16 desenvolve em nossa cidade atividades sociais prestando auxílio a moradores de rua e crianças carentes, realizando palestras em escolas e universidades. Com mais de100 famílias beneficiadas no decorrer dessa caminhada, o objetivo é incluir a raça negra na sociedade. Todas as sextas feiras são entregues em torno de 30 marmitas preparadas pelos 20 voluntários integrantes do projeto, e também roupas para os moradores de rua, realizando um grande impacto nas comunidades, além de balas, chocolates e brincadeiras culturais para as crianças. Sendo sua composição de grande maioria negra, conseguiu impactar a sociedade e aos poucos ganhar mais espaço na comunidade para desenvolver as suas ideias.

 

Sara dos Santos, proposta pelo Vereador Suplente Matheus Madeira.

Sara dos Santos, tem 54 anos, é professora, com Mestrado em Educação, atuando na educação básica e ensino superior há 30 anos. É escritora, com livro, artigos e crônicas publicados. Aos 16 anos se engajou na luta por uma sociedade mais justa, igualitária e democrática, através da Pastoral da Juventude, intensificando sua militância ao se filiar no Partido dos Trabalhadores em 1984. É atuante em movimentos sociais feminista, por acreditar na igualdade de direitos entre homens e mulheres.

 

Valério Ferreira de Paula, proposta pelo Vereador Luiz Gonzaga dos Reis.

Nasceu em 26 de outubro de 1957, filho de Dobrandino João de Paula e Santa Ferreira morador de Tubarão. Como jogador de futebol, disputou o campeonato gaúcho em 1986 pelo São Luiz de Ijuí. Disputou campeonato catarinense pela Caçadorense em 1989. Voltou para Tubarão nos anos 90 e jogou o amador pelo União Operária nos campeonatos realizados em Tubarão. Foi árbitro de futebol da Liga catarinense por um ano, da FREEPORT e em jogos escolares. Atualmente trabalha na liga Tubaronense com Futebol Amador e em toda região da AMUREL.